LOGIN:   SENHA:      
   
  Voltar
 
Evidências Científicas em Estética e Osseointegração

Franklin Moreira Leahy
Dario Augusto Miranda
Luis Rogério Duarte
Alberto Consolaro
Carlos Eduardo Francischone

Resumo
Este capítulo tem por objetivo avaliar a resposta biológica associada ao poder osseogênico de três diferentes tipos comerciais de matrizes ósseas orgânicas de origem bovina, aplicadas sobre defeitos ósseos induzidos em calvária de ratos, por intermédio da análise de cortes teciduais microscópicos. Esta criteriosa análise é importante parte de uma proposição de parâmetros direcionados a quantificar e mensurar as reações biológicas teciduais no processo de osseogênese, onde determinamos graduações crescentes para cinco fases distintas do reparo ósseo. Para esta classificação, levamos em conta fenômenos inflamatórios ocorridos nas superfícies das partículas, assim como no intermeio das partículas de cada um dos três biomateriais xenógenos utilizados, em períodos de 30 e 60 dias de observação. Antes, porém, é oportuna uma re- visão geral sobre o osso, as bases biológicas do reparo ósseo e os variados tipos de enxertos ósseos amplamente estudados na literatura e disponíveis no mercado como alternativas terapêuticas, com suas respectivas classificações.

Para visualizar o arquivos completo em PDF clique aqui.
 
Blog da BionnovationTwitter Facebook