LOGIN:   SENHA:      
   
  Voltar
 
Caracterização físico-química e biológica de enxerto ósseo bovino, Bonefill, em bioensaios – Parte 1

Marcelo Carbonari
Jivago Ludtke
Paulo César Vieira dos Santos
Nara Tathiane do Amaral Carvalho
Sérgio Alexandre Gehrke

Resumo
A utilização de biomateriais para a recuperação de defeitos ósseos tem recebido uma grande atenção dos pesquisadores e clínicos, isso devido aos bons resultados obtidos nos últimos anos. Além disso, o mercado tornou-se muito promissor para as empresas que dominam essa tecnologia. No caso de produtos derivados de tecidos bovinos, a preocupação com a rastreabilidade da matéria-prima, o controle dos processos de fabricação e a garantia da biossegurança do material produzido devem ser pontos fundamentais na escolha do profi ssional. O objetivo do presente foi avaliar e caracterizar com ensaios laboratoriais o BoneFill, material produzido pela Bionnovation Biomedical S/A, a partir de osso cortical bovino. Teste de hipersensibilidade, avaliação do potencial de citotoxicidade, ensaio de toxidez aguda sistêmica, teste de irritação cutânea, ensaio de implante, teste de mutação gênica reversa e avaliação histológica de defeitos ósseos foram realizados para caracterização do material atendendo a exigência da ISO 10993. Os resultados demonstraram a efi cácia do osso bovino Bonefi ll como material para preenchimento de defeitos ósseos em animais. Dentro das limitações do presente estudo, conclui-se a biocompatibilidade e biossegurança do produto como substitutos ósseo em tratamentos regeneradores para tecido com técnica de enxertos ósseos.

Para visualizar o arquivos completo em PDF clique aqui.
 
Blog da BionnovationTwitter Facebook